Casamento Umbanda



Geralmente confundida com a Doutrina Espírita, a Umbanda é uma religião de cunho espiritualista que, ao longo dos anos, sofreu total influência dos cultos africanos, católicos e orientais, dando origem a uma série de vertentes que possuem diferentes rituais, divindades e entidades.

Embora existam registros mais antigos da presença de guias espirituais na história brasileira, a criação da Umbanda é creditada ao médium Zélio Fernandinho de Moraes, que, em 1908, incorporou duas entidades consideradas não doutrinadas pelo Espiritismo. A doutrina não aceitou a presença desses espíritos e, por isso, Zélio passou a recebê-los de maneira independente.

Assim, o médium abriu as portas de sua casa para que as entidades — conhecidas como Caboclo das Sete Encruzilhadas e Pai Antônio — ajudassem todos aqueles que necessitavam, definindo os valores básicos que guiam a Umbanda até hoje: fraternidade, humildade, caridade e respeito ao próximo. Desses valores, a caridade é considerada objetivo fundamental da religião, e todos os rituais umbandistas giram em torno dessa máxima.

A forma com que os chamados “trabalhos” (sessões) de Umbanda são realizados pode apresentar diferenças de um centro ou terreiro (templo) para outro, uma vez que cada um possui seus próprios mentores espirituais. Os cantos, danças, orações e defumações com ervas especiais, contudo, sempre estão presentes nos cultos.

O ritual de casamento segue esses mesmos princípios. Assim, pode ser conduzido de diferentes formas, mas sempre com o guia ou entidade chefe no papel de celebrante.

Na essência, o matrimônio umbandista possui o mesmo conceito das demais religiões: celebrar a união de duas pessoas com base no amor e na fé, atraindo para elas as bênçãos das divindades cultuadas por suas crenças.

Para a cerimônia, os noivos costumam adentrar o local do evento ao som de uma canção ou oração; eles seguem um caminho geralmente feito de pétalas de flores, cravo e canela. Em alguns rituais, é muito comum que os padrinhos do casamento segurem flores e as ergam, formando um túnel de boas energias para que o casal passe antes de chegar ao guia que conduzirá o evento.

Não há uma missa ou oração estabelecida para oficializar o matrimônio. As palavras da cerimônia são breves e, em geral, tratam de valores que deverão acompanhar a vida do casal, como respeito, humildade, paciência e fé. Em seguida, os noivos são abençoados e defumados pela entidade, para que saiam limpos e iluminados para uma nova vida.

Contatos do Coral e Orquestra Toccata – São Paulo:

(11) 3021-0878; (11) 3023-4292; (11) 3021-0829

Email: toccata@toccata.com.br

Sede Própria em São Paulo/SP – com mais de 700 metros quadrados e estacionamento para clientes.
Avenida Pompéia, 2018 / 2022.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 13 =

Categorias

top
WhatsApp chat Contate-nos por WhatsApp
Coral Toccata